39 A Função do Gestor e a Função do Administrador

Gestores Não São Administradores, Por Isto Usam Este Termo

Gestor vem de Gesto, gesticular, apontar, aquele que dá as ordens e indica com um gesto do indicador o caminho a seguir.

Administrar vem de Ministério, servir o outro, ajudar os outros a serem mais produtivos.

Gestores são aqueles que usam o termo “empregados” e “empregadores”.

Empregados para um Gestor são as pessoas contratadas para obedecer as ordens de quem os “empregam“.

Administradores usam o termo “funcionários“, pessoas contratadas para exercer uma certa função e não obedecer ordens.

A última coisa que queremos é dar ordens para 39 Ministros e 260 Secretários.

Quem exerce uma função obedece aos padrões exigidos por aquela função, os ensinamentos e treinamento dado.

Sem ter que ser orientados continuadamente por gestores. (Orientado vem de Oriente, a direção que o Gestor aponta para seus empregados se dirigirem.)

Isto permite uma organização mais enxuta, com menos Caciques e mais Índios.

Justamente o contrário do mundo dos Gestores, que tem que ter muito mais Caciques para dar ordens constantes aos Índios.

Quanto os funcionários exercerem corretamente a sua função, não precisarão nem da “supervisão” de Administradores.

Só entramos em cena quando algo dá errado e estes precisam de ajuda.

Gestores usam também o termo “trabalhadores“.

São pessoas que trabalham para os gestores em troca de uma remuneração.

Administradores usam o termo “colaboradores”.

Estes não trabalham para nós, trabalham para a empresa.

Seja fazer uma função como uma auditoria segundo os padrões estudados, ou manter o clima organizacional da Empresa.

Desde a Ditadura Militar, tivemos uma preferência maior para os ditos Gestores do que os Administradores preparados para tal.

Militarismo exige obediência às decisões que vêm do Comando Superior. Militar quer empregado, dirigido, soldado, que vá na direção apontada pelo indicador do General.

“O inimigo está para lá.”

Como a maioria dos nossos formadores de opinião não tem a menor ideia da diferença entre gestor e administrador, continuam com a visão Militar no mundo dos Gestores. Até o PT segue a visão da Ditadura Militar.

Muitos manifestantes saíram pedindo melhor gestão pública, que é justamente o que não queremos.

Dezenas de editoriais saíram pedindo uma melhoria na Gestão Pública, como se este estilo de administrar fosse justamente o que o Brasil precisa.

Óbvio que não irá ocorrer e continuaremos na mesma.

A missão de um jovem administrador é mostrar a grande diferença entre gestão e administração.

Entre o amadorismo do século XVI e as modernas formas de pensar da administração do século XXI.

License

Icon for the Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International License

A Missão do Administrador by Stephen Kanitz is licensed under a Creative Commons Attribution-NoDerivatives 4.0 International License, except where otherwise noted.

Feedback/Errata

3 Responses to A Função do Gestor e a Função do Administrador

  1. Marisa Pignataro on 1 de julho de 2014 at 23:15 says:

    “Quanto os funcionários exercerem corretamente a sua função, não precisam nem da “supervisão” de Administradores.” – quando os funcionários exercerem corretamente a sua função, não precisarão nem da supervisão.

  2. Gabriela Maria Augusto on 2 de julho de 2014 at 19:09 says:

    Olha sinceramente vc me entristeceu. Sua visão do Gestor Publico ( faculdade que estou cursando) é totalmente negativa e o pior é que vc acha que teriam que ser Administradores a guiar este país. Posso não ser uma administradora mas uma pergunta: vc sabe o para que serve um Gestor Público? Acho que não, por que se soubesse olharia com outros olhos,pois não é a gestão em si que é ruim, são os que se acham gestores, nesta parte concordo com vc, mas não precisa envolver o tema Gestão Pública na negatividade, sabemos que os que estão aí no mercado são podres, a maioria deles, mas eu quero e vou ser uma Gestora diferente e estou me preparando para isso, ou vc acha que perdi um dia inteiro lendo seu livro sendo que tenho filho, casa, marido e trabalho.Eu até teria vc como referencia, mas depois deste tópico…..

  3. Juliano Tadeu Bergamo on 10 de julho de 2014 at 18:41 says:

    Concordo absolutamente com você Grabriela. O inteligentíssimo escritor exagera e generaliza certas situações. Ele deixa transparecer em vários pontos do livro a insatisfação de como a profissão dele é vista, mas o que mais me incomoda é quando ele quer nos fazer acreditar que o adminstrador é como se fosse um deus que pode resolver todos os problemas do mundo, de certa forma menosprezando outras profissões, como a do gestor público ou economista. Mas isso não nos impede de assimilar seus ótimos ensinamentos sobre administração, como ele mesmo diz, todos acabam sendo adminsistradores, pois tem família, casa, estudo, emprego e outras coisas mais para administrar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *